Contos

Crónicas da Aldeia, ou talvez não.

Teresa Tronjo, nesta coletânea de crónicas, vindas, agora, à luz pública, dá-nos a conhecer Avelanoso, na sua interface com as dimensões socioculturais, que as gerações presentes já não conheceram. É nesse cenário, agreste e idílico, onde “Era tão fácil ser feliz”, que recorda “momentos descontraídos de pura alegria”, “Histórias que cada um carregava na alma”, …

Crónicas da Aldeia, ou talvez não. Read More »

O Alferes Maçarico e outras histórias

Nestes fragmentos, nestes instantâneos, nestes “pequenos nadas”, para usar a expressão que preenchia os dias dos velhos surdos do café, temos nestes contos como que “nadas” e temos, portanto, a vida: como bem nos ensi­nou Torga no seu magistral verso “a vida é feita de nadas”. In Prefácio

Histórias que o Povo Tece – Contos do Marão

O título e o subtítulo desta colectânea apontam para o conteúdo dos contos que a constituem. Com efeito, privilegiou-se a ruralidade sobre a urbanidade, diga ela respeito à geografia física ou humana da região de Trás-os-Montes nos tempos em que imperavam a pobreza e a exploração. Pretende-se, com as efabulações que se esperam verosímeis, preservar, …

Histórias que o Povo Tece – Contos do Marão Read More »

Contos do Vale da Promissão

“…uma sucessão de memórias…ou de contos…ou de lendas… Mas o que feriu a memória, o que modelou o conto, o que transformou a lenda, é autêntico. E foi para que o tempo dos homens não esquecesse e a poeira dos séculos não ocultasse que isto se escreveu. A eternidade é, também, isso…”

X