Identidade e resistência da Língua Portuguesa em Timor-Leste

15.00 

Durante o período de dominação pela Indonésia, vedado que estava o uso da língua portuguesa em Timor, ela era utilizada secretamente pela Resistência Timorense, assumindo assim uma dimensão simbólica e identi­tária, constituindo também um instrumento de resistência.

O português implantou-se em Timor-Leste e resistiu à tentativa de ani­quilação pretendida pelas autoridades indonésias, não tanto por causa da existência anterior de uma suposta estratégia sistemática e empenhada na transmissão do idioma lusófono, mas porque uma pequena massa crítica de timorenses o soube erguer como arma de defesa contra a opressão a que estavam sujeitos.

Olhando para a história de um território e suas travessias, analisamos a diáspora de um povo à procura de se redescobrir, a luta de uma língua pela sua afirmação, a transição de um país à espera de se cumprir.

REF: D20 Categoria: Etiquetas: , ,
Peso 253 g
Dimensões (C x L x A) 150 × 10 × 230 mm
Autor

Peso 253 g
Dimensões (C x L x A) 150 × 10 × 230 mm
Autor

X