Crónicas da Aldeia, ou talvez não.

10.00 

Teresa Tronjo, nesta coletânea de crónicas, vindas, agora, à luz pública, dá-nos a conhecer Avelanoso, na sua interface com as dimensões socioculturais, que as gerações presentes já não conheceram. É nesse cenário, agreste e idílico, onde “Era tão fácil ser feliz”, que recorda “momentos descontraídos de pura alegria”, “Histórias que cada um carregava na alma”, marcadas por venturas e desventuras, que emolduraram a sua infância, e fazem a história da sua vida, num lugar onde o progresso se atrasou a bafejar as suas gentes e cedo as condenou a emigrar, como seu pai, em demanda de uma vida melhor.

In Prefácio

REF: P33 Categoria: Etiquetas: , ,
Peso 118 g
Dimensões (C x L x A) 6 × 15 × 23 mm
Autor

Peso 118 g
Dimensões (C x L x A) 6 × 15 × 23 mm
Autor

Também pode gostar…

  • Palavra

    Quadros da Transmontaneidade

    10.00 
    Pré-visualizar
X