Consuelo – O Amor Proibido

10.00 

O ser humano, nesta obra, é-nos apresentado frágil, cheio de contradições, e nem o estatuto profissional o consegue enobrecer. As emoções, sejam elas de celibatários ou não, acabam sempre por influenciar o nosso comportamento, às vezes extremo, e a questão põe-se mais uma vez: onde acaba a emoção e começa a razão, ou vice-versa?

O autor não nos dá nenhuma resposta, e nem é necessário. Isso é sempre algo que permanecerá na consciência de cada um de nós, e poderá ser sempre avaliado de diferentes perspectivas. Há uma relatividade em tudo o que é profundamente humano, esse relativismo é atávico, faz parte da sua natureza e permanecerá nele, em nós, ao longo da sua existência.

António Sá Gué

REF: C6 Categoria: Etiquetas: ,
Peso 160 g
Dimensões (C x L x A) 150 × 230 × 8 mm
Autor

Peso 160 g
Dimensões (C x L x A) 150 × 230 × 8 mm
Autor

Também pode gostar…

  • Palavra

    Quadros da Transmontaneidade

    10.00 
    Pré-visualizar
  • Palavra

    Contos do Vale da Promissão

    10.00 
    Pré-visualizar
  • Palavra

    Contos dos Montes Ermos

    10.00 
    Pré-visualizar
  • Palavra

    Trás-os-Tempos

    13.00 
    Pré-visualizar
X