Poesia

Reflexos de Mim

Aqui, o sujeito poético deambula por entre pensamentos e vivências memorialísticas. As suas palavras, correndo livres, formam realidades únicas que, ganhando vida num grito ou num silêncio, catalisam a leitura e constroem pontes entre o material e o imaterial. Conceição Oliveira

Apenas Madrugada

«A poética de Francisco José Lopes é indelevelmente marcada pela sua biografia, pois poesia e existência são quase sinónimos para alguém que escreve poemas e reflete sobre o quotidiano, o seu passado e as suas experiências pessoais, com consciência lúcida, mas dilacerada pela espuma dos dias, visto que é intuito da poesia – através da …

Apenas Madrugada Read More »

Jardi[n]es Excedidos

Nestes Jardins excedidos a poeta antologia poemas do longe e do perto e que reclamam uma humanidade igualmente exce­dida, a daquelas zonas de significado que compreendem a proximidade estreita que a voz estabelece com os restantes viven­tes: o vegetal e o animal num fulgor que resiste à domesticação. Tinta que deseja transformar-se em oxigénio.

Sentidos Caminhados

Os Sentidos Caminhados, de Álvaro Leonardo Teixeira, é um desafio ao nosso conhecimento, à nossa consciência do universo, à nossa capacidade de libertação das amarras feitas de barro – do húmus da criação – das peias da ignorância. À força onírica que a poesia nos prodigaliza. Carlos Carvalheira, in prefácio

Casa Lys

Duas janelas para uma Casa Do palacete do seu desespero, Aníbal Núñez soube apreciar – como poucos – a acção cadaverina aplicada à arquitectura da parte antiga de Salamanca. E deixou dela registo em vários dos seus poemas, mormente os insertos no livro “Alçado da ruína”. Tratando-se do poema “Casa Lys”, onde a linguagem não …

Casa Lys Read More »

Folhas em Flor

Conhecemos a Maria Hercília Agarez, sobretudo como contista e especialista na obra de Miguel Torga. Surpreende-nos agora com esta bela colecção de poemas cuja raiz vai beber ao haiku japonês, sem se deixar assimilar por ela, mas seguindo  um caminho original, de grande sensibilidade, a que o grande público deve ter acesso. A sua publicação será …

Folhas em Flor Read More »

Elementais

Elementais de Álvaro Leonardo mais do que o conjunto de poemas é um Poema. (…) Este livro é preocupante na sua exigência: não é possível lê-lo uma só vez. (…) São necessárias releituras e – porque não dizê-lo? – algum conhecimento da mitologia grega e muito silêncio interior, quase um despojamento da matéria.

X