Contos do Vale da Promissão

“…uma sucessão de memórias…ou de contos…ou de lendas… Mas o que feriu a memória, o que modelou o conto, o que transformou a lenda, é autêntico. E foi para que o tempo dos homens não esquecesse e a poeira dos séculos não ocultasse que isto se escreveu. A eternidade é, também, isso…”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X