Customer Login

Lost password?

View your shopping cart

Loja

By António Júlio Andrade,

By Maria Fernanda Guimarães

Marranos em Trás-os-Montes – Judeus-Novos na Diáspora – O Caso de Sambade

Sambade é uma aldeia de Trás-os-Montes, ao Norte de Portugal. No século XVII albergava uma laboriosa comunidade de cristãos-novos que tornavam florescente a indústria de tecidos de linho, lã e seda. Comunidade que foi desmantelada pela Inquisição em uma verdadeira operação de limpeza étnica.
Fugidos de Sambade, os marranos fizeram-se judeus-novos e, na diáspora, ajudaram à construção do mundo moderno.
Em França, como professor da universidade de Paris e renomado investigador do Centro de Estudos Espaciais, Jacques Blamont apresenta-se como descendente direto de uma das famílias fugidas de Sambade há quase 400 anos.
Em Vancouver, Canadá, o famoso arquiteto Richard Henriques, no museu que construiu de sua família, reclama a herança dessa gente que de Trás-os-Montes partiu e foi dar vida a chãos da Jamaica e outras terras das Índias Ocidentais.

13.00 

Memo

Informação adicional

Peso 228 g
Dimensões (C x L x A) 150 x 230 x 12 mm

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.

Product Detail

  • ISBN : 978-989-8342-17-1
  • Idioma : Português
  • Encadernação : Capa Mole
  • Depósito Legal :
  • Páginas : 142
  • Tradutor :
  • Prefácio :
  • Posfácio :
  • Ilustração :
  • Desenhos :

About The Author

Author

Nasceu na aldeia de Felgueiras e casou na do Larinho, ambas do concelho de Moncorvo. Estudou nos seminários de Vinhais, Bragança e Braga onde concluiu o 2.º ano de teologia. Frequentou o curso de filosofia da universidade do Porto, como estudante trabalhador, curso interrompido e abandonado com a sua mobilização para Angola como alferes miliciano. Teve uma curta incursão pela política sendo vereador na câmara de Moncorvo e candidato a deputado por Bragança. Por 10 anos foi professor do ensino secundário, ingressando depois no quadro de técnicos da biblioteca municipal de Torre de Moncorvo. Passou ainda pelo centro de documentação da Ferrominas, EP e fez parte da comissão instaladora do museu do ferro da região de Moncorvo. Durante 8 anos foi director do jornal Terra Quente e nele continua a colaborar. Para além dos estudos sobre judeus e marranos, publicou trabalhos monográficos sobre a sua aldeia e o seu concelho, destacando-se entre eles: Torre de Moncorvo, Notas Toponímicas; Dicionário histórico dos arquitectos, mestres de obras e outros construtores da vila de Torre de Moncorvo; História Política de Torre de Moncorvo, 1890 – 1926.

Author

Curso Superior de Turismo, tendo desempenhado funções na referida área como 1.ª Técnica em diversas Agências de Viagens e pontualmente como chefe de agência, na cidade de Lisboa. Colaboradora da Cátedra de Estudos Sefarditas – Alberto Benveniste – Faculdade de Letras de Lisboa, desde as suas primeiras actividades, tendo colaborado no Dicionário Histórico dos Sefarditas Portugueses – mercadores e homens do trato, Direcção científica de A. A. Marques de Almeida – 2009. Coautora em parceria com a Dr.ª Carla Vieira e a Dr.ª Susana Mateus, num estudo intitulado Um TEFILAH manuscrito num processo da Inquisição de Lisboa, Publicado nos Cadernos de Estudos Sefarditas n.º 10 e 11 – 2011. Colabora com o quinzenário “Terra Quente” onde é responsável, na área da investigação, pela página “Entre o Cristianismo e o Judaísmo” desde 1999. Desempenha as funções de "Researcher assistant" para Richard George Henriquez – Arquiteto – residente em Vancouver.

X